Papai se inclinou pra mamãe e disse: “Vamos caçar agora?”

Mamãe pareceu um pouco mais feliz. Eu acho que ela queria ir para outro lugar, onde todos não estavam. “Sim, seria ótimo. “

“Ei, estou indo também”, disse Jake, vindo para o nosso lado. “Afastar um pouco do fedor”, ele murmurou.

Eu achava que era engraçado como os lobisomens pensavam que os vampiros cheiravam mal, e os vampiros pensavam que os lobisomens cheiravam mal. Eu achava que todos cheiravam bem, apesar de serem bem diferentes. Vampiros tinham cheiro doce, como o vovô Charlie disse que molho de oxicoco era doce, e lobisomens cheiravam meio que quentes. Eles tinham um pouco do cheiro de sangue, mas eles não me deixavam com muita sede de jeito nenhum. Era apenas um agradável, cheiro quente de sangue, não um cheiro de sangue como comida.

Fomos para fora e estava nevando agora, mas não era como nos livros, onde o chão estava todo coberto de neve e você podia ver as pegadas e fazer bolas e bonecos, porque desaparecia antes de chegar no chão. Estava um pouco frio, mas eu não me preocupava com o frio, porque eu estava sempre quente, como Jacob e os outros lobisomens. Além disso, vampiros eram sempre frios, e eu estava com  vampiros o tempo todo, então eu estava acostumada ao frio.

“Sanguessugas estúpidos”, disse Jake, queixando-se. “Acham que são tão superiores. “

Mamãe me disse o que realmente era um sanguessuga. Era um animal pequeno que bebia sangue como vampiros, mas era preto e viscoso, não como os vampiros. Era uma coisa de lobo, disse ela. Eles gostavam de chamar os vampiros de sanguessugas ou sugadores de sangue, assim como vampiros igual titia Rosalie, que chamavam lobisomens de cães, vira-latas e mestiços. Como um apelido, mas um engraçado, não como Nessie ou Rose ou Em.

Papai sorriu. “Eles vão ficar chocados quando as crianças salvarem suas vidas superiores, não é?”, Perguntou ele.

Jake sorriu também. “Ô se vão!”, Disse ele, e depois bateu no ombro do papai. Ele não estava fazendo isso para machucá-lo, era só amigável. Os meninos eram bobos assim, era o que tia Rosalie dizia.

Mamãe sorriu também, e eu estava sorrindo porque afinal Jake era engraçado. Chegamos ao rio, então eu e mamãe e papai pulamos, e continuamos indo bem devagar até Jake acompanhar a gente. Ele era um lobo agora. Eu gostava de Jacob ser um lobo, porque ele era fofo e macio, e ele podia correr tão rápido quanto um vampiro (mas não papai), de modo que ele não ficava para trás. Era engraçado também porque ele não podia falar quando era um lobo, então ele ficava um pouco aborrecido às vezes, e aquilo me fazia rir.

Eu me revirei para colocar a mão no pescoço de mamãe, para que eu pudesse dizer a ela que queria andar nas costas de Jacob. Estendi minha outra mão para dizer pra ele também, também. Papai sabia de qualquer maneira, porque papai sempre sabia.

“Jake?” Mamãe perguntou, e Jake balançou sua grande cabeça peluda, para cima e para baixo. Ele abaixou-se um pouco para que mamãe pudesse alcançar corretamente, porque ele era quase da mesma altura de duas dela, e ela me colocou em suas costas. Eu agarrei seu pelo para que pudesse me firmar, e Jake começou a correr.

Andar em Jake sempre era emocionante. Eu ia muito rápido por entre as árvores sem me preocupar para onde eu corria, assim eu poderia olhar em volta, como quando mamãe ou papai me levava, e eu gostava de ir rápido, mas isso era como sempre. Correr com Jake era diferente porque ele não corria todo plano, ele saltava pela floresta em grandes limites de comprimento. E Jake parecia que era parte da floresta, às vezes, porque ele era todo vermelho e marrom, como um tronco de árvore. Mamãe e papai não eram assim. Eles pareciam simplesmente como sempre, mas Jake mudava como parte do bosque. Isso era emocionante.

Jake e eu normalmente caçávamos perto de onde mamãe e papai estavam caçando, mas não muito próximo. Eu não me importava, era bom sair com Jake sozinha. Eu adorava estar na floresta. Era tão diferente de estar dentro da mansão ou do pequeno chalé, ou dentro de qualquer lugar. Era como um mundo diferente. Mas quando mamãe e papai estavam lá, era mais fácil lembrar do outro mundo, o mundo com todas as pessoas, então eu realmente gostava de ir só com Jake, porque Jake estava nos dois mundos.

Eu não gostava muito de caçar antes, porque eu não gostava muito de sangue de animais, mas eu pensava que estava ok agora. Correr e capturar animais era divertido e se eu não pensasse tanto o gosto não era tão ruim. Além disso, eu e Jake sempre tínhamos uma competição para ver quem conseguia pegar o maior animal. Eu ganhava na maior parte do tempo, o que era estranho, porque ele era mais velho que eu e maior do que eu, então deveria ser melhor em caçar. Eu gostava de ganhar.

Hoje, não fomos muito longe. Eu sabia que todo mundo queria ficar perto de casa agora, apenas em caso. Essa era uma frase engraçada. Como você poderia entrar em um caso? Mas papai me disse o que significava quando ouvi alguém falando sobre isso há poucos dias atrás, então eu sabia agora. Ainda era engraçado.

Logo, eu cheirei algo com sangue e dei um tapinha no ombro de Jake para lhe dizer. Ele provavelmente cheirou também. Ele não sentia cheiro de sangue como vampiros sentiam, mas ele sentia os animais diferentes, disse ele. Os lobos comiam o animal de verdade, não apenas bebiam o sangue. Pensei que isso era nojento. Eu não gostava de carne. Mas os lobos normalmente só comiam comida humana. Jake vinha caçar só porque gostava de caçar comigo.

Eu pulei das costas de Jake e comecei a correr. Correr era divertido, mas não tão divertido como correr com alguém. Eu podia sentir o cheiro de sangue em algum lugar naquela direção, então segui. Era um veado, ou um alce, ou algo parecido. Isso era bom, porque mamãe ainda não gostava se eu tentasse pegar um leão ou um urso ou algo que comia outros animais. Ela era boba.

Eu podia ouvir Jake atrás de mim, mas eu não o estava ouvindo mais. Eu estava ouvindo o veado. Eles estavam mais perto agora. Fiquei muito quieta para que não os assustasse, e eu fui muito rápida para que eles não pudessem fugir. O sangue cheirava mal, porque o sangue era de animais, não de humano, mas era ainda sangue, então eu queria. Eu estava correndo muito, muito rápido agora e estava quase lá. De repente, eu poderia vê-los! Havia um monte de veados lá, mas eu não queria contar, porque eu estava caçando agora, então eu não tinha tempo. Eles perceberam que eu estava lá muito rápido, e começaram a fugir, mas eram muito lentos. Eu encontrei o maior de todos e pulei em suas costas. Era um veado menino, e eu sabia disso porque tinha grandes chifres em sua cabeça. Eu ri, porque ele estava tentando me derrubar. Era um pouco como andar em Jacob, sentada nas costas do veado, mas eu não queria ir para lugar nenhum, então eu mordi o pescoço para matá-lo para que ele parasse. Ele abrandou, em seguida caiu, porque eu estava bebendo seu sangue.

Jake estava aqui agora também. Ele tinha pego um cervo, uma menina sem chifres, e ele estava comendo. Eu não estava olhando para ele, porém, porque quando estava bebendo eu realmente não estava pensando em outra coisa.

Eu não bebi tudo. Normalmente, eu bebia um veado inteiro ou às vezes mais, mas hoje eu não estava com muita fome ou com sede, porque eu tinha comido muito molho de oxicoco na casa de vovô de Charlie. Jake não comeu o seu veado todo também, porque ele tinha comido um montão na hora do almoço. Fui até ele quando ele colocou o corpo do veado para o lado, e coloquei a mão na sua pata da frente para dizer que eu ganhei de novo. Ele balançou a cabeça com grandes movimentos, mas eu acenei e o puxei para o meu veado para mostrar pra ele o quanto era maior era. Quando ele viu, ele se deitou no chão e colocou a cabeça em suas patas, para mostrar que ele estava triste. Eu não queria que ele ficasse triste, então eu subi em suas costas novamente e comecei a acariciar seu longo pêlo castanho avermelhado no pescoço.

Logo, ele levantou a cabeça novamente, e ficou de pé também. Eu sabia que ele não estava mais se sentindo triste porque ele não estava se movendo lentamente, como se estivesse cansado. Ele começou a andar de volta pelo caminho que tínhamos vindo seguindo os nossos cheiros. Mostrei uma foto da casa grande para perguntar se estávamos indo pra casa agora. Ele balançou a cabeça. Eu achei que ele quis dizer mais alguma coisa, mas não podia porque era um lobo, por isso dei uma risadinha. De repente, ele parou de se mexer e caiu no chão, ele estava deitado novamente. Eu pulei, e ele virou, então que sua barriga estava virada para cima. Eu pulei de cima dele e ele rolou pelo chão, sua barriga estava pra cima. Pulei em cima dele de novo, rindo, e ele estava rindo também. Lobo rindo soava mais engraçado do que vampiro ou lobisomem ou humano rindo, por isso me fez rir ainda mais, e então ele estava rindo mais. Jake era tão divertido de se ter por perto.

Eu bati nele e lhe disse que queria brincar de corrida antes de irmos para casa, mas eu fugi antes que ele tivesse tempo de se levantar. Eu sabia que ele podia sentir o meu cheiro e que podia me ouvir, mas eu continuei correndo, dentro e fora das árvores, e ele estava me seguindo bem rapidamente. Logo, eu sabia que ele ia me pegar, então eu pulei em uma árvore e comecei a subir até o alto. Lobos não podiam subir em árvores como eu! Jake rosnou em algum lugar muito abaixo dos meus pés, e eu comecei a saltar de uma árvore para outra árvore para outra árvore. Ele estava me seguindo, mas não podia me pegar. Depois de um tempo, aquilo começou a ficar chato, então comecei a descer novamente, e pulei nas costas de Jacob. Ele pulou, porque eu o surpreendi, o que me fez rir, mas me segurei para assim não cair.

Sua vez! Eu disse, e eu pulei para que ele pudesse correr. Jake poderia ser muito, muito rápido, mas eu sempre o pegava no final. Eu adorava brincar com Jake na floresta. Nós não precisávamos nos preocupar em danificar os móveis quando estávamos fora, porque não havia nenhum móvel. Nós não tínhamos de fingir ser humanos. Nós podíamos apenas nos divertir.

Persegui Jake por um tempo, mas o peguei, e então voltamos para a casa. Chegamos ao rio, ao mesmo tempo que mamãe e papai, porque eles estavam caçando por mais tempo do que nós, mas gastamos mais tempo brincando.

“Divertiram-se, vocês dois?” Mamãe perguntou enquanto saltávamos sobre o rio.

Concordei e estendi os braços para que ela pudesse me erguer de volta das costas de Jake, então ele poderia se transformar de novo. Ele correu para trás de uma árvore para que pudesse mudar e eu disse pra mamãe tudo sobre os nossos jogos de perseguição, e como eu pulei em Jacob da árvore, e como eu peguei um veado muito maior do que ele.

“Muito bem, ” Papai disse, sorrindo para mim. “Caçadorazinha”.

Sorri um sorriso enorme. Eu gostava quando as pessoas diziam que eu era boa em coisas, porque normalmente todo mundo era melhor do que eu. Os vampiros eram mais rápidos do que eu, os lobisomens eram melhores em comer comida humana, e todos eram mais velhos do que eu, então  eram melhores em leitura e escrita, música e desenho e tudo mais. Titia Rosalie disse que era só porque eu era pequena, e eu iria crescer e ser tão boa como qualquer outro, mas ainda assim era legal quando as pessoas diziam que eu era boa mesmo sendo pequena.

Jake voltou, vestindo apenas seu short, porque ele nunca se incomodava em usar qualquer outra coisa, e ele sorriu para o papai.

“Certo, acho melhor eu voltar pra casa”, disse Jake.

“Antes que Billy esqueça quem você é, ” Mamãe disse. Ela estava sorrindo, e eu não acho que Billy, que era pai de Jacob, iria realmente se esquecer quem Jake era.

“Exatamente”, disse Jake. “Até amanhã então, Ness. “

“O nome dela só fica cada vez menor”, disse mamãe, mas ela me estendeu para que Jake pudesse me dar um abraço.

“Tchau”, eu disse para Jake.

“Até mais”, disse ele, sorrindo, e então ele me passou de volta para mamãe. Ele correu de volta para a floresta pra voltar para sua casa, e eu, mamãe e papai voltamos para a nossa.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s