Kristen nasceu e cresceu em Los Angeles. Seu pai, John Stewart, é um diretor e produtor de televisão. Sua mãe, Jules Mann-Stewart, é uma roterista nascida na Austrália.

Kristen Stewart se tornou famosa através da série de filmes “Crepúsculo” com a história romântica de amor eterna com um vampiro. E agora chegou a hora de aproveitar essa mesma fama, sen vampiros nem lobisomens, revivendo a fantasia de um muito mais clássico.

“Fizemos um conto de fantasia que se sente em cada palavra”, diz Kristen animada, em uma prévia do novo sucesso “Branca de Neve”.

Muito mais animada do que o desenho da Disney e é o segundo filme lançado este ano com a mesma história (Diga-se Mirror Mirror, com Julia Roberts), faltando apenas o espelho mágico para saber se o próximo filme de Kristen Stewart é realmente o mais lindo de todos.

“Branca de Neve” é uma boa maneira de deixar para trás os vampiros e lobisomens?

Eu amo interpretar uma estrela de ação que não é típica astrela de ação. Minha versão de “Branca de Neve” é muito mais doce. No início desta nova história, ela passou dez anos de prisão e ao sair vê que o belo mundo que ela conhecia antes está completamente infectado, sem a vida que costumava ter.

Ela também tem certos poderes sobrenaturais para a terra e seu povo, tornando-se alguém que ela não tem a pretensão de ser. Precisa usar as armas que tem dentro, mas isso lhe dói.

“Branca de Neve” foi um dos seu desenhos da Disney favoritos?

Na verdade, eu não cresci assistindo “Branca de Neve”. Meu desenho favorito era The Jungle Book (O Livro da Selva). Não era uma grande fã de filmes de princesas.

E por isso eu gostei da idéia, quando eu ouvi que eles estavam fazendo esta versão de “Branca de Neve” que nada é semelhante ao que todos conhecem.

Claro, eu sei que é uma história importante para muitas pessoas. E apesar de eu não me sentir conectado ao mesmo tempo, conhecendo o tema, eu entendo por que durou tanto tempo.

Realmente não gosta de nenhum dos contos clássicos de princesas?

Só tinha visto “A Bela e a Fera”, eu nunca vi o desenho animado “Branca de Neve”. Eu não estou mentindo.

Como você se dá com o espelho em um nível pessoal?
Para uma sessão de fotos que tive hoje, eu estava vestida assim agora, com uma simples camisa e calças. Não precisa de muito para me fazer sentir mais bonita.

Eu acho que respondi sua pergunta. Assim eu me sinto mais confortável, mas também gosto de me vestir bem e se me sento confortável ou com suficiente confiança se tenho um dos melhores vestidos.

Eu não quero que pareça que não parece uma boa idéia que as pessoas usem maquiagem para se sentir melhor. Tudo bem. É muito pessoal, mas sinto um pouco de lástima pelas amigas que se importam demais com o espelho.

Realmente, só precisava de um bom par de olhos para perceber que tudo está bem, mesmo se você tem uma espinha. Não se preocupe tanto.

Existe alguma comparação entre o espelho de “Branca de Neve” e Hollywood, com um ambiente onde todos estão ressaltando a beleza?

É muito estranho. Vivemos em um mundo pequeno muito engraçado. Mostramos um exemplo muito claro no filme.

A Rainha Ravenna acha que a beleza é a única carta que você tem, que pode usar o seu poder como uma arma. Mas basicamente é o que ela acha que é bonito. Vivendo aos olhos do público, sempre esperam uma boa aparência. Mas é o que é. É um assunto difícil.

Você acha que a sociedade cria muita pressão sobre as mulheres, impondo uma concorrência entre quem é a mais bonita, para ser ou sentir-se melhor do que outros?

É da natureza humana. Sim, definitivamente as vezes as expectativas são muitas. E há pessoas incrivelmente bonitas que podem ser horríveis. Eu acho que depende da pessoa que te olha.


Depois de ter trabalhado tão perto de Robert Pattinson e Taylor Lautner você os pede conselhos para novos trabalhos?


Com Taylor e Rob falamos sobre o meu trabalho e os deles. Mas, como normalmente dizemos, manteremos todos em uma família. Com Branca de Neve trabalhava muito perto de Chris (Hemsworth).

Estávamos juntos a maior parte do tempo. Infelizmente nós não ensaiavamos muito, mas eu gostei da oportunidade de encontrar algo novo em vez de sentir muita responsabilidade com o script. Nós temos muita liberdade, melhorando dia a dia.

Qual é a diferença na história de amor desta versão em relação a outros filmes de “Branca de Neve”?

Neste filme, ela é muito jovem, mas não tão inocente. E eu achei incrivelmente romântico por ter alguém próximo sem saber bem quem é ela mesma.

Não é de todo inútil, não tem as típicas preocupações de uma menina de sua idade. Para um homem é muito diferente. Nem percebem o efeito que tem sobre as pessoas, nem sequer sabem de onde vem, porque não reconheçe.

Me pareceu uma grande surpresa para as pessoas, porque neste caso, jogamos com o destino. Todo mundo acha que conhece a história, mas neste caso, nada é tão fácil quanto a versão de conto de fadas.

Desejava se apaixonar por seu próprio Príncipe?
Eu não sei …

Nem mesmo sonhou alguma vez?

Felizmente, a mim nunca me disseram que precisava de ter algo mais do que já tenho, nunca me insinuaram que precisava de alguém para completar a minha vida.

Mas é claro que existem pessoas que procuram algo. Não acho nada de errado, mas não acho que é necessário forçar as expectativas pessoais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s